Doenças Urológicas

Disfunção erétil

Disfunção-erétil

O que é?

A disfunção erétil (DE), popularmente conhecida como impotência sexual, é a dificuldade persistente de obter e/ou manter uma ereção suficiente para permitir uma atividade sexual adequada, ou seja, que possibilite a penetração vaginal. Não significa DE o fato do homem eventualmente “falha na hora H”, mas sim quando o problema é recorrente.

Causas e incidência

A disfunção erétil (DE) pode ter origem psicogênica, orgânica ou mista (psicogênica e orgânica). Independentemente da causa, basicamente ocorre por um desequilíbrio entre a contração e o relaxamento da musculatura lisa do corpo cavernoso.

Cerca de 50% dos homens acima de 40 anos têm alguma queixa em relação às ereções.

Destes, metade apresentava níveis elevados de HbA1c (fator relacionado ao diabetes) e colesterol, portanto a DE pode estar ligada a outras patologistas.

Fatores de risco

  • Alterações hormonais;
  • Tabagismo;
  •  Diabetes mellitus;
  • Doenças cardiovasculares e hipertensão arterial sistêmica;
  • Outras doenças crônicas;
  • Medicamentos: vasodilatadores, anti-hipertensivos, hipoglicemiantes, antidepressivos, ansiolíticos;
  • Drogas: maconha, codeína, cocaína, heroína, metadona;
  • Alcoolismo;
  • Cirurgias.

Tratamento

Determinar a origem da DE é fundamental para direcionar o tratamento, portanto não existe uma “receita mágica” para resolver todos os casos: se você sofre do problema precisa procurar um urologista para avaliar o seu quadro especificamente, e assim determinar a melhor forma de tratamento.

Há diferentes formas de tratamento para a DE, de acordo com a causa e o perfil do paciente, apresentando resultados animadores. A terapia medicamentosa é a mais utilizada ao lado da psicológica, mas em determinados casos pode-se utilizar também o implante de prótese peniana.

Fonte: http://www.sbu.org.br/publico/?doencas-urologicas&p=307